sexta-feira, 7 de maio de 2010

Anorgasmia

     A sensação mais comum que se tem é de que há algo errado comigo! Será que eu não vou conseguir nunca? O parceiro reclama e há sentimento de impotência feminina e masculina generalizados.
     Mulheres que nunca sentiram orgasmo: grande parte desse problema é oriundo de uma falta de conhecimento com o próprio corpo! Muitas mulheres sente receio em se tocar, se conhecer, se acariciar e principalmente em se masturbar. 85% das mulheres que não conseguem ter orgasmo no coito, podem chegar a conseguir ter orgasmo por estimulação clitoriana, ou com sexo oral. Isso se deve a muitos fatores. Não faz muito tempo, o sexo era tido prioritariamente como instrumento de reprodução, a mulher projetava seu futuro em torno dos filhos e do marido. Inclusive o sexo para o casal idoso era altamente protestado, tendo em vista que uma vez que já não podiam ter filhos não necessitavam mais fazer sexo, e uma vez o fazendo eram tidos como pervertidos. A masturbação era considerada como um meio de perder a fertilidade, pois ao perder o sêmen o homem ia perdendo a capacidade de reproduzir. Na década de 50 descobriu-se que muitas mulheres também se masturbavam. Considerada pecado mortal pela igreja católica até 1992, quando o papa decretou ser um pecado menor. Mesmo assim, ainda há muitos mitos e tabus em cima da masturbação!
     Para a sexologia, a masturbação é considerada uma prática saudável e fundamental para um bom conhecimento do próprio corpo, é através dela que muitas mulheres com anorgasmia conseguem ter o primeiro orgasmo, inclusive quando são estimuladas pelo parceiro. O sexo no coito, ou seja, com penetração vaginal ainda é visto por muitas pessoas como sendo a “maneira correta”de se conseguir o orgasmo, contudo isso não passa de mito obtido por muitos casais.
     Algumas mulheres demoram de 2 a 4 anos, depois de terem a primeira relação até conseguirem chegar ao orgasmo, algumas conseguem primeiramente ter o orgasmo clitoriano. Muitas mulheres conseguem ter orgasmo com a prática do sexo oral.
     Muitos homens gostariam de ter suas parceiras sentindo orgasmo na penetração, mas é preciso ter em mente que muitas mulheres podem não conseguir esse feito ou ter dificuldades até chegar lá A terapia sexual detém técnicas que ajudam o casal ou a mulher a deixar de ter esse tipo de disfunção!

3 comentários:

Anônimo disse...

Dra,Boa tarde!!!

Acho que por uns dois anos, a minha namorada só sentia algo gostoso na hora da relação e não chegava ao orgasmo na penetração, hoje com o sexo oral ela consegue chegar e varias vezes.

Terapeutas Sexuais disse...

Isso mesmo, muitas mulheres com dificuldade em sentir orgasmo, sentem mais facilidade com sexo oral.

Anônimo disse...

Olá! Bem...adorei tudo que foi escrito neste blog...
Eu e meu namorado estamos junsto há vários anos...e o que pude perceber é que no início de nossa relação o sexo era constante, mas com o passar dos anos, o sexo tornou-se menos constante, entretanto, com bem melhor qualidade...Visto que é mais demorado e instenso...Quanto ao fato de não conseguir orgasmo tenho que ser grata porque nunca vivi este fato...até hj tive facilidade me sentir prazer, não sei se é por mim ou porque meu parceiro sempre foi desejado...Não preciso de muitos artifícios para chegar 'lá'...O sexo oral por exemplo, pra mim, é secundário...sinto muito prazer em fazer, gosto de receber, mas na sua ausencia, não sinto falta...